Wednesday, April 11, 2007

O Povo Unido

Palavras para que? Desde que soube do resultado do concurso "Grandes Portugueses" que andava com vontade de fazer um post a arrear no povo portugues, ou pelo menos nos portugueses que votaram no Salazar como o Grande Portugues da nossa Historia. Mas, como sempre, o Gato Fedorento adiantou-se, rapido no gatilho. Por isso limito-me a deixar aqui o video de Fernando Tordo a cantar uma versao mais congruente com a presente realidade lusa do "Portugal ressuscitado".
E aproveito para relembrar uma das mais bonitas Cancoes Heroicas de Fernando Lopes-Graca: "Acordai". Diz assim o primeiro verso:

Acordai, homens que dormis...

7 Comments:

Blogger Filipe said...

Nunca vi esse concurso, nem sabia quem era a personalidade que ganhou até ler este post.
Apetece-me fazer um pouco de advogado do diabo e dizer que para que se vote em alguém que marcou o país, não é necessário que se goste dessa pessoa ou que se admire o que fez.

2:01 AM  
Blogger Stela said...

Nao ha duvida que Salazar marcou fortemente o pais, mas dai ate eu o considerar uma grande personalidade vai um passo de gigante. Suponho que cada um tera a sua definicao pessoal de grandeza. Se deixar o pais com 30 anos de atraso economico em relacao ao resto da Europa e arrasta-lo para uma guerra desnecessaria sao actos de grandeza para quem votou nele... Why not?

2:58 AM  
Blogger Filipe said...

Sim, mas o que cá estão conseguem manter o país com 30 anos de atraso económico. Nesse ponto as coisas não melhoraram muito.

Além disso qualquer GNR do nosso paizito à beira mar plantado se julga un salazar à sua maneira. Enfim, temos um país bonito mas pouco mais tem que valha a pena.

8:40 AM  
Blogger Stela said...

Por outro lado, o facto de poderes expressar a tua opiniao acerca do nosso paizito e nao seres enfiado numa prisao por causa disso eh uma melhoria consideravel, nao?... Eu lembro-me de uma vez estar a almocar com o meu avo e dizer do alto da minha pre-adolescencia que achava que o nosso governo era uma merda e que se calhar estavamos melhor no tempo do Salazar. Disse-me ele, muito zangado: "Cala-te, tu nao sabes o que estas a dizer." Era uma verdade indiscutivel... E ninguem tinha um olhar tao critico do nosso pais como o meu avo! Mas nao acho que o mau estado das coisas actualmente seja justificacao para olhar para um passado podre com saudosismo. Eh preciso olhar para a frente, caracas!!! Tambem nao sou ninguem para dizer isto, estou noutro pais, e realmente aqui as condicoes de vida sao mto melhores, apesar de estarmos em media a 3 m abaixo do nivel do mar. E sei que em Portugal as coisas sao mais complicadas. Mas acho que metade do problema vem da ideia nacional de que nos nao prestamos para nada. Se nao prestamos, para que tentar?... E com isto eu nao posso concordar...

3:12 AM  
Blogger vida de vidro said...

Há cravos aí na Holanda? Cá em casa já estão na jarra. Amanhã vamos a Alenquer. Porque tenho a sensação que isto já é quase só uma tradição? :)
Beijinhos

12:19 PM  
Blogger Stela said...

Nada de cravos em Groningen. Procurei, procurei... mas nada. Acho que eles apareceram em Março, mas nunca mais os vi. Mas os cravos estavam na minha cabeça, é o que importa. Bjs

3:50 AM  
Blogger Movimento Pela Net Mais Barata said...

Desafio-vos entao a que sejamos unidos. Estamos a lutar por uma net melhor e mais barata e toda a ajuda é pouca. assinem o manifesto e deixem a vossa experiência para que todos possamos ter melhores soluções de internet!!! Uma força unida de consumidores isso sim seria um mito e uma história digna de contar.

7:29 PM  

Post a Comment

<< Home