Tuesday, December 01, 2009

Mudam-se os tempos

Mudam-se as vontades. E os nomes dos blogs, as vezes. Ja nao me fascina tanto o facto de o mundo ser redondo, e deixei de desejar tanto andar por ele a fora. Serao os 30 a chegarem? Os cabelos brancos a instalarem-se?
O que sinto agora eh que o mundo eh pequeno. Nas minhas voltas encontrei muitas vezes as mesmas pessoas, ou pessoas que, sendo diferentes, sao variacoes de um tema, o que a meu ver eh muito reconfortante. Ao mesmo tempo somos todos diferentes e todos iguais. Ah. Onde eh que eu ja ouvi isto?

Mas que coincidencia encontrar-vos por aqui. O mundo eh pequeno!

3 Comments:

Blogger Pedro Lourenço said...

Achei extraordinario que foi o facto de entrares no ultimo ano de doc que te inspirou a escrever alguma coisa aqui no blog mais de um ano depois!!!!!

E quando à esfericidade do mundo, realmente também o vou sentindo um pouco mais plano, deve ser mesmo a velhice... Ai que vou ali arrancar mais um cabelo branco...

11:49 AM  
Anonymous Zorze said...

Será a continuação da tua ideia, o que transcrevo do poeta:

Vive, dizes, no presente;
Vive só no presente.
Mas eu não quero o presente, quero a realidade;
Quero as coisas que existem, não o tempo que as mede.
O que é o presente?
É uma coisa relativa ao passado e ao futuro.
É uma coisa que existe em virtude de outras coisas existirem.
Eu quero só a realidade, as coisas sem presente.
Não quero incluir o tempo no meu esquema.
Não quero pensar nas coisas como presentes; quero pensar nelas como coisas.
Não quero separá-las de si-próprias, tratando-as por presentes.
Eu nem por reais as devia tratar.
Eu não as devia tratar por nada.
Eu devia vê-las, apenas vê-las;
Vê-las até não poder pensar nelas,
Vê-las sem tempo, nem espaço,
Ver podendo dispensar tudo menos o que se vê.
É esta a ciência de ver, que não é nenhuma.

É bom andar sempre em mudança no labirinto do mundo redondo e encontrar um local que existe em virtude de outras existirem…
Muitos parabéns pelo tua escrita e continua com a tua vontade de investigar e escrever.

PS: Já agora, por onde andas? A fugir do frio de Groningen. É que por Bremen “I feel a penguin”. Gostava de te visitar… Diz qualquer coisa para o meu e-mail (não tenho o teu). Vou ficar por Bremen até inicio de Abril.
bis jetzt
Zinhos

1:46 PM  
Blogger Sarah Slowaska said...

O mundo torna-se pequeno para aqueles que trazem o mundo dentro deles.
:)

3:02 PM  

Post a Comment

<< Home